Internet das Coisas: exemplos de aplicações de IoT na agricultura

Atualizado: Jan 27



A Internet das Coisas está transformando o campo. Proporcionando mais eficiência, produtividade e redução de custos. Fato que levou as autoridades a desenvolverem projetos para incentivar a adoção de IoT no agronegócio. Para se ter uma ideia, na estruturação do Plano Nacional de Internet das Coisas, o agronegócio foi um dos quatro ambientes prioritários para o uso em larga escala da IoT no Brasil. A projeção é que a produção agrícola nacional pode ser aumentada em 49 milhões de toneladas até 2030 com a adoção de ferramentas de IoT. Entre essas soluções temos as plataformas IoT que podem automatizar diversas atividades e contribuir para a resolução de problemas que, até então, pareciam não ter solução para pequenos, médios e grandes produtores. Se você está envolvido com este mercado, é hora de conhecer tais soluções. Confira abaixo exemplos de aplicações de plataformas IoT na agricultura: Monitoramento da umidade do solo: as plataformas IoT permitem a captura e o monitoramento, em tempo real, de dados sobre o estado do solo. Indicando assim, os níveis de retenção de água, o turno de rega e lamina d’agua. Além de emitirem relatórios diários e mensais, gerarem alarmes e enviarem notificações sobre este monitoramento, via whatsapp. Automatização de processos de irrigação: ao captarem dados de sensores instalados em campo e correlacionarem informações como umidade do solo e condições climáticas, essas soluções criam uma lógica de irrigação automatizada. Contribuindo, entre outras coisas, para a redução de custos com água e energia. Monitoramento de equipamentos agrícolas: as plataformas IoT podem receber dados de sensores instalados em equipamentos como tratores, pivôs, monitorando o funcionamento destes. Indicando se estão apresentando alguma falha. O que proporciona a realização de uma manutenção preventiva e reduz os impactos de uma parada inesperada. Acompanhamento das condições climáticas: correlacionando dados captados no campo, as plataformas IoT podem indicar os períodos de maior e menor precipitação, as mudanças de temperatura e de umidade do ar. Dados fundamentais para ajudar o produtor a planejar o plantio. Vale ressaltar que além dos benefícios econômicos, as aplicações de plataformas IoT na agricultura são sinônimos de mais sustentabilidade. Afinal, monitorando os dados é possível estabelecer estratégias para reduzir o uso de recursos como água, energia e os impactos no solo. Comece agora mesmo a transformação digital do seu agronegócio. Entre em contato com nossos consultores e conheça nossa plataforma IoT.

50 visualizações0 comentário