Agro: a irrigação de precisão é uma saída, diante da crise hídrica?


O Brasil vivencia o período mais severo de estiagem em mais de 90 anos. Minas Gerais, Goiás, Mato Grosso do Sul, São Paulo e Paraná, estão, pela primeira vez na história, sob alerta de emergência hídrica. Tais estados concentram parte importante da produção de grãos do Brasil, segundo o IBGE. Ou seja, a falta de chuvas pode causar mais impactos a economia do país. Muitos podem pensar que seguir com a irrigação da plantação é uma solução, porém, a situação não é tão simples. Hoje, diversos produtores e empresas ainda não planejam corretamente a rega da sua cultura, o que leva a uma maior utilização de água. Dessa forma, é preciso mudar as práticas de irrigação. É necessário adotar uma gestão mais sustentável da água, apostando na chamada irrigação de precisão. Continue a leitura e compreenda como a irrigação de precisão é uma saída, diante da crise hídrica.


Mas, por que é preciso repensar os métodos e sistemas de irrigação?


Por meio da irrigação é possível nutrir a plantação, quando a demanda de água pelas culturas supera o regime de chuvas da região. Além disso, ela é uma opção estratégica para garantir a produção em caso de veranicos, ou mesmo para aumentar a produtividade. Segundo pesquisadores, com a agricultura irrigada gera-se 40% da produção mundial de alimentos. Porém, tal processo utiliza 49,8% da água captada de nossas fontes hídricas, segundo a Agência Nacional de Águas e Saneamento Básico (ANA). Essa água é retirada, na maioria das vezes, de poços instalados nas propriedades, após a liberação da outorga, ou de rios, que também tiveram seus níveis afetados pela falta de chuvas. Contudo, o grande problema não está na extração e simples uso da água, mas no não planejamento da irrigação. A falta de monitoramento da umidade do solo, o uso de equipamentos ineficientes, a adoção de métodos e sistemas de irrigação inadequados para a cultura ou região, contribuem para o estabelecimento de uma rega inapropriada, com desperdício de grandes quantidades de água. Por isso, é preciso realizar um manejo estratégico, estabelecendo um uso mais sustentável. Nesse cenário, a irrigação de precisão se apresenta como uma ferramenta importante.


O que é a irrigação de precisão?


A irrigação de precisão, ou irrigação inteligente, nada mais é do que a gestão consciente da água, reduzindo o desperdício, focando em seu uso sustentável na plantação. Ou seja, o planejamento de uma irrigação no momento ideal para a cultura, na quantidade ideal, local ideal e seguindo os métodos e sistemas mais adequados para cada tipo de cultivo. Tudo isso, é claro, considerando os fatores de solo, clima e outras especificidades, de cada região.


E como funciona a irrigação de precisão?


Além dos equipamentos de automação de rega das culturas, já utilizados, a irrigação de precisão contempla o uso de sensores, softwares, plataformas IoT, estações meteorológicas, imagens de satélite e outras geotecnologias. Por meio dessas soluções, é possível capturar dados, monitorá-los em tempo real, e transformá-los em informações estratégicas sobre a plantação. E, dessa forma, estabelecer etapas de irrigação mais inteligentes, como a aplicação da lâmina de irrigação adequada, considerando a demanda da cultura e variabilidade da área de cultivo.


Entenda...


As imagens de satélite, por exemplo, permitem o acompanhamento das mudanças climáticas e níveis de precipitações. O que contribui para uma definição dos melhores períodos para a irrigação. A utilização de sensores, permite o acompanhamento, em tempo real, dos níveis de umidade do solo e das variáveis climáticas. Dessa forma, identificamos a quantidade de água necessária para a irrigação da cultura. Existem ainda soluções, como a plataforma IoT CONCERT Cloud, que integram todos os dados captados por sensores, satélites e estações meteorológicas, apresentando e possibilitando a análise dessas informações em um único ambiente. Uma plataforma em nuvem, com fácil navegação, que pode ser acessada a qualquer hora. Tecnologia que possibilita o estabelecimento de um processo de irrigação mais eficiente e sustentável.


Por que investir na irrigação de precisão?


Além de contribuir para a economia de água no processo, fator importante dentro do contexto de crise hídrica, a irrigação de precisão proporciona diversos benefícios, como:


➡️ Redução de custos operacionais

➡️ Rega mais eficiente

➡️ Maior economia de energia elétrica

➡️ Economia de mão-de-obra e de tempo

➡️ Mais homogeneidade na cultura

➡️ Manejo facilitado

➡️ Melhor ROI em relação à qualidade e produtividade


A gestão correta dos dados, e o uso das informações disponibilizadas pelas soluções, contribuem ainda para o ganho de produtividade. Pensando nisso, investir em tecnologias que possibilitem uma irrigação mais inteligente é a garantia de maior sustentabilidade, colheita e rentabilidade.


Agora que você já sabe que adotar a irrigação de precisão, além de ser uma saída para lidar com a crise hídrica, proporciona diversos benefícios, é hora de colocar a mão na massa.


Adote esse processo em sua plantação! Converse agora mesmo com nossa equipe e saiba como a plataforma IoT da CONCERT Cloud pode transformar o seu agronegócio!

27 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo